PRESIDENTE PARTICIPA DA CERIMÔNIA DA CHAMA JUBILAR

Avalie este item
(0 votos)

A RCCPARÁ  viveu momentos de muitas graças dentro da Escola Nacional de Formação da RCCBRASIL que aconteceu de 14 a 24 de julho na cidade de Marabá-Pa. 

Escolas estas que foram: Escola Nacional de Formação para Líderes e Missionários (1ª Etapa), Escola Nacional de Comunicação (ENACOM) e Escola Nacional de Dança e Teatro Regional Norte (ENDT-RN).

Na terça (19), aconteceu a Cerimônia de Formatura da ENACOM. Na quarta (20), representantes das 14 Dioceses e Prelazias paraenses participaram da Cerimônia da Chama Jubilar da RCCCPARÁ, e foram introduzidos na cerimônia, cada um com a sua vela, juntamente com as autoridades eclesiásticas. Estava presente a presidente da RCCDEBRAGANÇA Silvana Silva, juntamente com o coordenador diocesano do ministério de Formação José Ribamar.

Marcos Volcan, Vice-Presidente do Serviço Internacional da RCC (ICCRS), fez o seu pronunciamento falando sobre o Papa Francisco que pediu para a RCC mundial vivenciar a Festa de Pentecostes de 2017 como a grande comemoração dos 50 anos da RCC. 

Kátia Roldi Zavaris (Presidente da RCCBRASIL) explicou o porquê da Vela Jubilar e sobre a o tema deste ano que traz a mensagem: “Espalhando a chama”. “Através de velas, vamos espalhar a chama em todos os Grupos de Oração do Brasil”. 

Em seguida, todos os conselheiros/representantes da RCCPARÁ acenderam suas velas simbolizando as Dioceses/Prelazias que com seus grupos de oração, recebam o fogo do Espírito Santo. 

Salomão Ronaldo (Presidente da RCCPARÁ) trouxe o versículo bíblico de Sb 18,3: “Pelo contrário, vós destes uma coluna luminosa para guiá-los na sua marcha para o desconhecido, como um sol que sem incomodá-los alumiava seu glorioso êxodo”. Falou ainda da moção que teve ao acender a vela jubilar no Congresso Nacional aonde o Senhor lhe colocava ao coração o desejo dessa chama chegar a todas as 14 dioceses e prelazias paraenses, aos lugares mais longínquos deste imenso Estado. 

Para encerrar a Cerimônia, Salomão Ronaldo fez um grande clamor com os presentes pedindo a graça do Espírito Santo para que através da chama da vela jubilar, o fogo do Espírito Santo chegue a todos os grupos de oração paraenses. 

Um coquetel foi servido para todos os presentes no evento como uma forma de confraternização pela grande graça vivida. 

“Sede Misericordioso como vosso Pai é misericordioso” – Lc 6,36.

Fonte: RCCPA