Notícias

Notícias (203)

O JNL teve participação de várias lideranças da rcc de outras instancias e lugares, como Marcio Zolin ex coordenador nacional do ministério jovem e atual coordenador diocesano da rcc de Pelotas RS; nosso coordenador estadual Salomão Ronaldo, entre outros coordenadores estaduais e diocesanos de ministérios que se maravilharam com a juventude da diocese de Bragança.

Confira todas as fotos em nossa pagina no FACEBOOK

 

Na noite de quinta feira 27, iniciou a 10º edição do JESUS NO LITORAL com a celebração da Santa Missa presidida pelo nosso Bispo diocesano Dom Jesus Maria, e concelebrada pelo Padre Manoel Martins pároco da paroquia de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro de Bragança.

Um momento de muitas bençãos para os missionários que ouviram com atenção a voz do Pastor que os motivaram para missão.

Confira todas as fotos em nossa página no facebook.

 

A 10º edição do JESUS NO LITORAL inicia nesta quinta feira 27, convocamos todos os carismáticos de nossa diocese a se colocar em oração pelo bom êxito desta missão.

Peçamos a intercessão de todos os Santos e Santas de Deus!!!

Reze conosco:

Ladainha de Todos os Santos

Senhor, tende piedade de nós. 
Cristo, tende piedade de nós. 
Senhor, tende piedade de nós. 
Jesus Cristo, ouvi-nos. 
Jesus Cristo, atendei-nos. 
Deus Pai do Céu, tende piedade de nós. 
Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós. 
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós. 
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós. 
Santa Maria, rogai por nós. 
Santa Mãe de Deus, rogai por nós. 
Santa Virgem das Virgens, rogai por nós. 
São Miguel, rogai por nós. 
São Gabriel, rogai por nós. 
São Rafael, rogai por nós. 
Todos os Santos Anjos e Arcanjos, rogai por nós. 
Todas as santas ordens de Espíritos bem-aventurados, rogai por nós. 
São João Batista, rogai por nós. 
São José, rogai por nós. 
Todos os santos Patriarcas e Profetas, rogai por nós. 
São Pedro, rogai por nós. 
São Paulo, rogai por nós. 
Santo André, rogai por nós. 
São João, rogai por nós. 
Todos os santos Apóstolos e Evangelistas, rogai por nós. 
Todos os santos Discípulos do Senhor, rogai por nós. 
Santo Estêvão, rogai por nós. 
São Lourenço, rogai por nós. 
São Vicente, rogai por nós. 
Todos os santos Mártires, rogai por nós. 
São Silvestre, rogai por nós. 
São Gregório, rogai por nós. 
Santo Agostinho, rogai por nós. 
Todos os santos Pontífices e Confessores, rogai por nós. 
Todos os santos Doutores, rogai por nós. 
Santo Antão, rogai por nós. 
São Bento, rogai por nós. 
São Domingos, rogai por nós. 
São Francisco, rogai por nós. 
Todos os santos Sacerdotes e Levitas, rogai por nós. 
Todos os santos Monges e Eremitas, rogai por nós. 
Santa Maria Madalena, rogai por nós. 
Santa Inês, rogai por nós. 
Santa Cecília, rogai por nós. 
Santa Águeda, rogai por nós. 
Santa Anastácia, rogai por nós. 
Todas as santas Virgens e Viúvas, rogai por nós. 
Todos os Santos e Santas de Deus, intercedei por nós. 
Sede-nos propício, perdoai-nos, Senhor. 
Sede-nos propício, ouvi-nos, Senhor. 
De todo mal, livrai-nos, Senhor. 
De todo pecado, livrai-nos, Senhor. 
Da morte eterna, livrai-nos, Senhor. 
Pelo mistério da vossa santa Encarnação, livrai-nos, Senhor. 
Pela vossa Vinda, livrai-nos, Senhor. 
Pelo vosso Nascimento, livrai-nos, Senhor. 
Pelo vosso Batismo e santo Jejum, livrai-nos, Senhor. 
Pela vossa Cruz e Paixão, livrai-nos, Senhor. 
Pela vossa Morte e Sepultura, livrai-nos, Senhor. 
Pela vossa santa Ressurreição, livrai-nos, Senhor. 
Pela vossa admirável Ascensão, livrai-nos, Senhor. 
Pela vinda do Espírito Santo Consolador, livrai-nos, Senhor. 
No dia do Juízo, livrai-nos, Senhor. 
Pecadores que somos, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que nos perdoeis, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis governar e conservar a vossa santa Igreja, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis conservar na santa religião o Sumo Pontífice e todas as ordens a hierarquia eclesiástica, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis humilhar os inimigos da santa Igreja, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis conceder a paz e a verdadeira concórdia aos reis e príncipes cristãos, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis confortar-nos e conservar-nos em vosso santo serviço, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis retribuir, com os bens sempiternos, a todos os nossos benfeitores, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis dar e conservar os frutos da terra, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis conceder o descanso eterno a todos os fiéis defuntos, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Para que vos digneis atender-nos, nós vos rogamos: ouvi-nos. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor. 
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós. 
Jesus Cristo, ouvi-nos. 
Jesus Cristo, atendei-nos.

As inscrições da 10º edição do JESUS NO LITORAL encerram nesta terça-feira 25/07, as mesmas estão sendo feitas aqui mesmo pelo nosso site.

Venha viver esta linda experiência.

Não deixe pra última hora, são vagas limitadas!!!

Faça sua inscrição AQUI

Você vai para o JESUS NO LITORAL???

Fique ligado nos direcionamentos!!!

A diocese de Bragança está sediando o RENASEM (Retiro estadual para seminaristas), na Paroquia São Francisco de Assis na cidade de Mãe do Rio, de 20/07 à 23/07.

Abertura do RENASSE estadual, aconteceu nesta quinta 20, com a celebração da Santa Missa presidida pelo cônego Leandro Câmar, reitor do seminário da Arquidiocese do Rio de Janeiro, uma celebração cheia das bençãos de Deus, que contou com a presença da presidente do conselho diocesano Silvana Silva, que acolheu todos os participantes do retiro em nossa diocese.

Rezemos por eles , por esse retiro, para que o agir do Espirito Santo seja ainda mas fecundo na vida desses jovens. " Vinde Espirito Criador........"

Um convite especial foi lançado a toda diocese de Bragança para uma mobilização de oração pelo Ministério de comunicação social.

Vamos juntos diante de Jesus Eucarístico levantar um grande clamor por todos os comunicadores de nossa diocese.

Uma carta aos coordenadores paroquiais e de grupo de oração foi preparada, segue em anexo a mesma.

Contamos com a oração de todos!!!

 

Minha saudação cordial a dom Alberto Taveira e a toda arquidiocese de Belém. Tanto ou até mais Mariana do que Aparecida. Saúdo a todos os padres, dom Altieri, os padres todos concelebrantes. Muito obrigado pela sua presença! Religiosas, seminaristas, amado povo de Deus, de todo o Brasil. Para nós aqui em Aparecida, celebrar os 300 anos nesse dia de São Pedro e São Paulo, com os 50 anos de experiência de vida, de evangelização, da Renovação Carismática é um verdadeiro presente do Ano Mariano Jubilar. Muito obrigado por terem acolhido e pedido aqui em Aparecida este grande evento. Queridos irmãos, queridas irmãs, saúdo a todos e a todas que nos acompanham pelos meios de comunicação social, também os romeiros e romeiras, que aqui estamos celebrando a grande graça do dia dos apóstolos Pedro e Paulo, dia da Igreja. Igreja da qual o Espírito Santo é a alma. E, claro, celebrando, então, toda essa Corrente de Graça, como diz o papa Francisco, que é a Renovação Carismática no mundo inteiro.

Portanto, exulte a mãe Igreja, vibrem nossos corações, cantem nossos lábios, rejubilem nossos corações e dobrem-se os nossos joelhos em Ação de Graças. Se aqui é um santuário, e é, não esqueça que cada um de nós somos santuários do Espírito Santo. Você vai bater no ombro do vizinho e da vizinha e vai dizer assim: “você é um santuário do Espírito Santo! Vamos lá!”.

Queridos irmãos, queridas irmãs, na Primeira Leitura Pedro fez uma experiência belíssima de ser desacorrentado de tantas correntes que o amarravam naquela hora, rodeado, nada mais, nada menos, do que de dezesseis soldados. Porque quem tem o Espírito Santo é um homem perigoso para o mundo. Cheio do Espírito Santo, Pedro, então, faz essa experiência de ser livre de todas as correntes. E foi aqui, neste lugar, que um escravo também, na oração, teve as correntes arrebentadas. Então, as correntes arrebentadas lá na prisão e as correntes arrebentadas diante da imagem da Mãe Aparecida é uma experiência que todos aqui fizemos, que nossas correntes já caíram. A corrente do medo, a corrente da inveja, do ciúme, da maldade... Quantos de nós somos livres, livres, livres destas correntes que nos amarraram, graças, é claro, ao Espírito Santo.

Na Segunda Leitura, Paulo apóstolo diz: “eu fui libertado da boca do leão”. Vocês carismáticos e nós que fazemos a experiência da Palavra de Deus, nós sabemos pela Bíblia o que é a força do leão, que é o espírito maligno, o espírito do mal. E Paulo foi livre do espírito do mal, porque era cheio do Espírito Santo e o Espírito Santo o levou a todas as nações para pregar, corajosamente, o Evangelho. “Só me resta agora”, diz Paulo, “a coroa da glória”. Renovação Carismática hoje tem a coroa, o coroamento, de 50 anos de experiências fortes, vivas e radiantes da força do Espírito Santo. Uma experiência que mudou, sim, a vida de Pedro e de Paulo, mas mudou a vida de todos nós, de nossas comunidades, e também da Igreja no Brasil, porque Renovação é uma Corrente de Graças.

Claro, irmãos e irmãs, vem Jesus no Evangelho e diz a Pedro “sobre esta pedra, da tua fé, construirei a minha Igreja”. Se há uma experiência que os carismáticos fazem é a experiência da fé, e da fé carismática, que é uma fé imediata, que é uma fé sem muitas condições, que é uma fé de uma total entrega e de um total despojamento de si. Portanto, uma fé amadurecida.

É sim, irmãos e irmãs, vocês todos não estão aqui por uma teoria, para defender um Movimento ou qualquer coisa. Não! Vocês estão aqui, porque fizeram a experiência, através do Espírito Santo, do amor de Deus. Sou amado pela Santíssima Trindade! Sou amado desde toda a Eternidade! Sou amado mesmo sendo pecador. Experiência do amor foi o que mais nos tocou, na experiência da Renovação Carismática. Eu creio que eu sou amado, eu creio que, mesmo pecador, pecadora, fui amado e o amor me olhou, me tocou, me conquistou. Fui conquistado por Cristo Jesus, através de Seu Espírito, na experiência da Renovação. Experiência que ensinou a Igreja a rezar mais.

Se há pessoas que rezam, e que rezam com convicção, e com toda a fé, são vocês, os carismáticos, pessoas de oração. E oração, muitas vezes, de madrugada. Oração não pensando em si, pensando nos outros, pensando na conversão e na santificação das pessoas. Agora, a Renovação Carismática no Brasil tem a primazia de ser bíblica. Vocês devolveram a Bíblia à Igreja Católica no Brasil, Palavra de Deus. Até eu mesmo quando fazia os retiros da Renovação Carismática aprendi a amar a Bíblia e até hoje, através da Renovação. Foi uma graça muito grande para a Igreja.

Claro, vocês fizeram e nós fazemos a experiência belíssima do perdão, de sermos perdoados e de perdoar. Portanto, somos um povo de misericórdia. E tudo isto nos levou a sermos curados, não só do medo, como dizia o Salmo, mas fomos curados fisicamente, psicologicamente, espiritualmente. Somos testemunhas que Deus transformou nossas feridas num santuário da Sua moradia em nós e que nossas feridas se transformaram em bênçãos, em santidade e em compreensão para os que são feridos. Irmãos e irmãs, e tudo, então, é alegria. Se há um Movimento, também, que fala de alegria, dá testemunho de alegria e na alegria mostra a experiência com Jesus ressuscitado são os carismáticos.

Termino com os desejos do papa Francisco a respeito da Renovação, que já cresceu tanto. Mas nesses dias aqui, nós tivemos um encontro importantíssimo com vários representantes da Renovação Carismática para um projeto político para o Brasil, que encantou a todos. Quer dizer, a oração nos leva à missão. A oração nos leva ao Brasil, por ser Católico, um país mais justo, mais solidário, mais honesto. E esse plano, então, de uma ação política da Renovação, certamente já é abençoado e dará certo. E isso tem que ter muita coragem e muita iluminação.

O papa também diz assim: “vamos ser ecumênicos, abertos”. Claro, porque a Renovação começou com outros irmãos. E nós agora, Católicos, portanto, temos a missão do ecumenismo. O papa diz: “saí pelas ruas” e sei que vocês já saem, missionários. Porque o Espírito Santo, essa força do alto, que nos faz missionários.

E, por fim, diz o papa, e muitos, muitos de vocês já conseguem fazer, é olhar mais para o lado, para o irmão, para os pobres, para o outro. Isto, irmãos e irmãs, é o que mais de saudável a gente pode esperar de quem tem o Espírito Santo. Encontrar o Espírito Santo no outro e, ao tocar esse outro doente, esse outro pecador, rezando por ele, ou porque é pobre, nós tocamos na carne de Jesus e que, portanto, o Espírito de Deus vai se fazendo carne também através da Renovação Carismática.

E um pedido, ainda: mesmo que não sejamos aceitos, vamos nos aproximar, nos aproximar, nos aproximar e amar nossas dioceses. Sofrer por elas, vibrar por elas! Hoje é dia da Igreja Católica, é dia da sua diocese, é dia da sua paróquia, é dia de sua comunidade e a Renovação vai fazer, então, de toda a Igreja no Brasil um grande Pentecostes, porque amamos nossa diocese, amamos nossa paróquia, amamos a Igreja Católica e a tornamos mais alegre, mais missionária e mais profética. Amém!

 

Patti Gallagher Mansfield (EUA), autora do livro testemunhal, “Como em um Novo Pentecostes – o surpreendente início da Renovação Carismática Católica no mundo”, que relata a experiência do nascimento da Renovação Carismática Católica (RCC) no mundo, lançado por ocasião das Bodas de Prata da RCC (1997), testemunhou aos participantes do Jubileu de Ouro da RCC,  o que aconteceu naqueles dias na casa de retiro “A Arca e a Pomba”, no Fim de Semana Histórico de Duquesne (17 a 19 de fevereiro de 1967)  e de como esta experiência se perpetua até hoje.

O livro foi reeditado e lançado em edição especial nesse ano jubilar para a RCC, mas durante o testemunho, Patti quis ressaltar alguns aspectos aos participantes da Festa do Jubileu. Para Patti Mansfield o livro e o testemunho em si, formam uma história de amor, que deve ser sempre lembrada.  “Eu espero que vocês não se cansem de ouvir, porque é uma história de Amor. É a história do Amor tremendo de Deus e de como Ele manifestou esse amor por nós, através deste Espírito Santo que nos foi dado”, lembrava Patti aos participantes do Jubileu.

Narrando os fatos tal como aconteceram em cada dia do retiro de Duquesne, Patti Mansfield chamou a atenção para dois aspectos em particular: o primeiro, o que Deus fez em seu coração antes do retiro e o segundo, sobre os exercícios preparatórios que fizeram antes do Fim de Semana histórico. E convidou os presentes a experimentarem as duas coisas. Patti confessou que não costuma partilhar os aspectos que ela experimentou de forma particular antes daquele retiro, mas se motivou a fazer isso hoje, na Festa do Jubileu: “E eu não costumava partilhar esses detalhes, mas se vocês também quiserem se aprofundar no futuro, nós devemos permitir que o Espírito Santo desperte em nós silêncio, oração, procura por Deus”, convidava Patti, ao lembrar que Deus a conduzia, naqueles dias, a uma busca maior de silêncio, oração e procura da vontade de Deus e da experiência pessoal com Deus. Ela recordou e exortou todos a viverem a moção dada por Deus e ministrada durante a pregação da ex-presidente do ICCRS, Michelle Moran, no primeiro dia do Jubileu: “É um chamado! É um desejo! Um profundo chamado a profundidade”.

Além do chamado a aprofundar a experiência com Deus, propôs que todos realizassem os três exercícios espirituais que os jovens fizeram em Duquesne:

1-      Rezar com fé expectante, e esperar que Deus fará algo

2-      2- Ler até o capítulo 4 do livro de Atos dos Apóstolos

3-      Ler o livro “A Cruz e o Punhal”, de David Wilkerson

O retiro baseou-se em uma Assembleia penitencial,  na renovação das promessas do Batismo e na experiência que tiveram na capela, dia 18/02/1967, onde todos ficaram cheios do Espírito Santo. Entre as experiências vividas pelos jovens, Patti Mansfield ressaltou que todos sentiam um profundo temor a Deus nos corações e um desejo de serem por completo deles.

No final do seu testemunho, Patti chamou Michelle Moran e Gilberto Gomes Barbosa, presidente da Frater internacional, para clamarem um Novo Pentecostes. “Fogo, Fogo, Fogo, de norte a sul, de leste a oeste, Fogo, Fogo, Fogo!”, rezavam e clamavam os seis mil carismáticos presentes no encontro. O momento foi sucedido por uma profecia, dada por Deus a Gilberto, que concluiu: “O Senhor toma a direção”.  Dom Alberto Taveira confirmou e disse: “O Pai não pode deixar de conceder aquilo que é pedido em nome de Jesus”. E encerrou o momento da pregação e oração, confirmando o desejo de todos, de um Novo Pentecostes, com sua benção episcopal. 

Fonte: RCC BRASIL

Nossa diocese participou do jubileu de ouro da RCC com o Papa Francisco em Roma, com uma caravana de 21 pessoas, onde estiveram presente no encontro para carismáticos do brasil na Igreja de São Paulo Fora do Muro, com participação de Katia Zavaris, Dunga,  Padre Reginaldo Manzotti ; Padre Fábio de Melo, lideranças carismáticas de todo o país,  onde foram cantadas músicas que marcaram o início do movimento e os testemunhos de pessoas que iniciaram a RCC em seus estados.

 Depois participaram juntamente com os demais carismáticos de todo o mundo no encontro de carismáticos com a presença de Frei Raniero Catalamessa, Patti Mansfield na Igreja de Santa Maria Maior. No sábado véspera de Pentecostes houve a celebração jubilar com a presença do Papa Francisco,  mais de 30 mil pessoas no estádio circos máximo ..também participaram mais de 300 pastores evangélicos  e demais cantores carismáticos de vários países,  como padre Marcelo Rossi .  No domingo estiveram presente na celebração da missa de Pentecostes na praça de São Pedro no vaticano.                  

 O grupo também foram a Terra Santa onde visitaram  a cidade de Belém na gruta dos pastores. Na cidade se Jerusalém,  fizemos o caminho da via sacra, visitamos igrejas no monte das Oliveiras , no monte getsemani, igreja da durmiçao de nossa senhora, túmulo do Rei Davi,  cenáculo onde aconteceu a santa ceia e também a descida do paraclito, o santo sepulcro,                      a cidade de Nazaré onde foram ao monte Tabor, no caminho pra Nazaré foram em Jericó onde viram a árvore de Zaqueu e o deserto em que o senhor passou 40 dias. Passaram  por Cana onde os casais puderam renovar seus votos de matrimônio.

Experiências maravilhosas tiveram nossos irmãos , onde fortaleceram a fé e reviveram  um novo Pentecostes .